18 de fevereiro de 2013

Síndrome do Coração Burro.



Se apaixonar deve ser uma ação involuntária.
Eu confesso,nunca escolhi passar por nada disso.
Sou do tipo de pessoa que paga para não se apaixonar.
Quando olho em volta e vejo tanta gente, circulando em minha volta e me pergunto:
- Porque sempre escolhemos o que nos faz mal? Aquilo que nos faz sofrer?
Okaay, olhando pelo lado dum ato involuntário... Por que nosso coração faz as piores escolhas?
Nem vou questionar,vai que ele sofre da SÍNDROME DO CORAÇÃO BURRO?
E sempre vai ter aquela pessoa,sabe aquele carinha fantástico, que te ama e quer te ver bem, mas é como se essa pessoa fosse inexistente.
O nosso coração sequer reconhece aquela pessoa como alguém que valesse a pena.
O pior de tudo é ver que é assim com quase todo mundo,um circulo de sofrimento maldito como no poema quadrilha.
Se a vida realmente for como aquele poema e eu pudesse escolher que personagem eu escolheria ser aquela mocinha que NÃO AMAVA NINGUÉM.
Ela foi a única feliz no final das contas.
Acho que é esse o segredo da felicidade,sabe? o fato de não amar ninguém assim como ela.
Ninguém além de si mesma.




* Texto de Vivian Torres
Dê os devidos créditos em caso de cópia.


3 comentários:

  1. amei o texto flor, o seu blog então perfeito parabéns

    flor estou seguindo seu blog, será que você poderia pelo menos retribuir a visita
    ai se gostar do meu blog e quiser seguir ficaria mais que feliz

    bjus e tenha um lindo dia

    http://alinewdesigner.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá querida, já estou seguindo seu blog, que é muito charmoso viu?


    Convido você e suas leitoras a conhecer o meu:

    http://toobege.blogspot.com.br/


    Beijinhos e tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. bem legal este poema de carlos drumond

    ResponderExcluir

Diz aí! :)